Classic Blue | Como a Pantone escolhe a cor do ano?

A primeiro cor do ano

Classic Blue é a cor de 2020, mas essa não é a primeira vez que um tom de azul aparece como destaque de uma nova era. Próximo à chegada dos anos 2000 e com o bug do milênio ameaçando todos os sistemas informatizados do mundo, surge uma onda de preocupação que só cessaria após a virada de 1999. Em uma tentativa de acalmar os ânimos e tranquilizar as pessoas, a Pantone lança a primeira cor do ano – ou do Milênio – o azul Cerulean. E é aí que surge um fato que nem todos sabem. Embora artistas e grandes empresas utilizem os produtos da Pantone, a cor do ano não é escolhida visando o comercial.

Em entrevista exclusiva para a Gazeta do Povo, Blanca Lliahnne, a CEO da distribuidora Pantone no Brasil e responsável por editar a cor do ano desde os anos 2000, afirma que a cor do ano é feita para inspirar. Além disso, ela também deve refletir o momento atual da humanidade, como o mundo se encontra. Com seus colaboradores espalhados por todo lugar, o Instituto faz um levantamento cultural, tecnológico e social para entender o que as pessoas necessitam e desejam. Posteriormente, é só reunir os dados coletados pelos “caçadores de tendências” e lançar uma cor que reflita tudo isso.

Uma cor para uma nova década

Após todo o processo de pesquisa feito em 2019, começamos 2020 com a Classic Blue regendo a nova década. Dessa vez um azul mais escuro aparece para trazer a serenidade, fortalecer o vínculo entre as pessoas e colorir as novidades do mundo da moda, do design e da arte.  

Depois de um 2019 dominado pelo “Living Coral”, ganhamos uma cor versátil e mais fácil de trabalhar, não acham? 

_______

Quer ficar por dentro das novidades do mundo da moda, beleza e skincare? Acesse nosso blog aqui e confira a nossa seleção de conteúdo feita com muito carinho pra você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *