Especial Cartela de Cores | Primavera Clara

Chegou ao fim o nosso tão querido Especial de Cartela de Cores. E nesse último guia prático, falaremos sobre uma estação que eu acho extremamente equilibrada em suas características, a Primavera Clara.

Se eu comparei a Primavera Quente à um jardim iluminado pelo sol do meio-dia, eu comparo a Primavera Clara à um jardim iluminado pelo sol das 6 da manhã. Quer entender por quê? Segue comigo que tem muito assunto pela frente.

Características das pessoas de Primavera Clara

Juntamente com a cartela Verão Claro, a paleta Primavera Clara engloba geralmente as belezas de pele clara e quente, que podem ter um dourado delicado ou um rosado puxado pro pêssego como subtom.

+ Você sabe qual o seu nível de contraste pessoal?

Lembrem-se que essa é uma estação clara. Portanto, os contrastes encontrados aqui geralmente serão de médio para baixo, e muito dificilmente altos.

(ERRATA DO AMOR)

Uma coisa que eu nunca mencionei nos outros especiais de cartelas e que abre espaço para mal-entendidos (Minha culpa total, gente! Perdão!) é que as características definidas para cada Paleta NÃO SÃO REGRAS absolutas. Existem mulheres de pele morena, negra-clara, de cabelos escuros, ruivos ou louros que podem se encaixar na cartela de Primavera Clara SIM.

O teste de cores varia MUITO, meninas. Demais da conta. Nos três anos que pude acompanhar esse processo eu já me surpreendi com muitos resultados. Já vi mulher de pele branquíssima e cabelos escuríssimos, que, na primeira batida de olho eu pensei se tratar de uma beleza típica de inverno, se iluminarem toda com os tecidos de Verão-Claro e ficarem super apagadas com os tecidos invernais. É uma loucura, né?

Por isso eu peço desculpas pela generalização que fiz, e aproveito para repetir mais uma vez que os exemplos que trago se tratam das belezas mais RECORRENTES em cada cartela e não regras absolutas, certo?

É importante lembrar também que os meus guias não substituem um teste de cores presencial. Eu coloco esses exemplos apenas para ilustrar e dar um norte para vocês, mas é impossível precisar quem é o quê sem o teste. Ou seja, pode acontecer de você se enxergar nessa cartela e sua paleta real ser totalmente diferente dessa e vice-versa.

Vou colocar esse adendo em todos os guias que fiz, pois não quero ninguém se sentindo de fora ou recebendo informação pelas metades, viu? 😉

Características das Cores de Primavera Clara

De todas as outras paletas de primavera, essa é a que transmite mais calma e suavidade. Lembra que no início do post eu falei que essa era a cartela mais equilibrada no meu ponto de vista? Te explico agora o porquê.

Se você observar a cartela abaixo, você verá um mix coloridíssimo e também versátil. A mistura entre as características principais dessa paleta (profundidade clara, temperatura quente e intensidade média/alta) resultaram em tons que não são extravagantes e nem apagados demais.

Embora essa paleta tenha tons intensos em seu mix, a sua característica principal, que é a profundidade clara, faz com que o preto não apareça por aqui. Como alternativa à essa cor, temos então o cinza chumbo, que além de ser muito elegante é uma cor neutra. Além disso, vale lembrar que o branco branquíssimo deve ser substituído pelo off-white, um tom mais suave e amarelado de branco que ficará muito mais harmônico com as belezas dessa cartela.

Elementos de Compensação

Saber quais cores te deixam mais radiante não elimina a necessidade de saber compensar o que não te favorece. Afinal, pode acontecer da sua cor favorita não estar na cartela de Primavera Clara, ou de você simplesmente descobrir que a maioria das peças do seu guarda-roupas não se encaixa nas cores da sua paleta.

O que fazer quando isso acontece? Engulo o choro e nunca mais uso a cor que eu adoro? Faço uma doação de todas as minhas roupas?

Nada disso.

É agora que eu te apresento algumas saídas mais sustentáveis e acessíveis. Primeiramente, você pode usar a cor que você gosta (e não está na sua cartela) na parte de baixo (saia, calça, short), assim ela não ficará próxima do seu rosto e não influenciará negativamente nele.

Como segunda alternativa, você pode usar essa cor que não te favorece na parte de cima, mas deve compensar com make e acessórios perfeitos. Em outras palavras, neutralize olheiras e manchinhas, passe muita máscara de cílios para levantar o olhar, use seu batom favorito e aposte em acessórios que tenham as cores premium da sua cartela Primavera Clara.

Facinho, não é?

Pra fechar esse especial com chave de ouro, escolhi várias inspirações para vocês treinarem na montagem de looks assim que a quarentena acabar, olha só:

E aí meninas de Primavera Clara, gostaram das dicas?

Se quiserem conferir os outros guias práticos que fiz, é só clicar aqui e acessar todo o conteúdo feito com muito carinho pra vocês!


Ainda não sabe qual é a sua Cartela de Cores e quer muito descobrir? Clique aqui e agende já o seu teste de Coloração Pessoal!

14 thoughts on “Especial Cartela de Cores | Primavera Clara

  1. MARIANA SANTOS DE CASTRO says:

    Discordo de dizer que as pessoas de primavera clara terão pele alva, cabelos loiros ou ruivos e olhos claros. Existem sim pessoas negras e de primavera clara. E o que falar do “engloba as belezas mais sutis. Ou seja, pele branquíssima e quente”. Sério?! Acho que você pode rever essas orientações =)

    • Christina says:

      Os exemplos são errados!! Cuidado. Sou canadense e já to fazendo isso por mais do que 10 anos. Giselle Bundchen is warm spring as is Amy Adams. Pls, fix it! Reese Witherspoon, Sally Field, Rose McGowan, Heather Graham, Brittany Snow, Milla jovovitch

      • Maíra Gea says:

        Olá Christina, tudo bem?

        Minha intenção com os exemplos é mostrar as características mais comumente encontradas em cada cartela. Eu não tenho pretensão de acertar em cheio, até porque para eu acertar quais as verdadeiras paletas de artistas como Gisele Bündchen, Amy Adams e Scarlett Johansson eu teria que fazer um teste de coloração nelas. Eu te respeito como profissional e acredito que você seja extremamente competente, mas a não ser que se tenha feito um teste de cores presencial nessas celebridades, não é possível afirmar com tanta certeza quais são as cartelas que elas realmente se encaixam.

        No mais, obrigada por deixar seu comentário aqui! Puxões de orelha são sempre importantes para ficarmos mais atentas! <3

    • Maíra Gea says:

      Ei Mariana, tudo bem?

      Eu te enviei um e-mail respondendo esse comentário, mas acho que você não viu. De qualquer forma, vou colar ele aqui na íntegra para você, ok?

      “Ei Mariana, tudo bem?

      Aqui é Maíra, autora do post que você comentou no blog da Fix. Vi seu comentário hoje e gostaria de me desculpar sobre o mau uso da palavra sutil. Eu não quis colocar as belezas negras do lado oposto dessa palavra, mas sei que foi isso que pareceu através da minha escrita. Sei que existem belezas marcantes e sutis de todas as cores.

      Sobre as características predominantes das pessoas que se encaixam nessa cartela, elas foram retiradas de materiais de referência que eu tenho acesso e que são comumente usados por Consultoras de Imagem e Estilo. Em um dos materiais, o contraste baixo-escuro aparece especificamente relacionado apenas às paletas de Inverno Escuro, Outono Quente, Outono Escuro e Primavera Brilhante. Em outras fontes que consultei, consegui encontrar relações entre o contraste baixo-escuro e as paletas Primavera Quente, Inverno Brilhante e Inverno Frio.

      Não quero ser o tipo de pessoa que recebe uma crítica construtiva e fica se explicando tentando tirar o dela da reta, mas nesse caso, eu não encontrei essa informação nas apostilas que consultei.

      Encontrar materiais de qualidade e que tenham uma ampla abordagem da pele negra dentro do universo da colorimetria pessoal ainda é um desafio, mas darei um jeito de fazer isso, ok?

      A partir de hoje todos os meus posts sobre Cartela de Cores serão chamados para um “recall de inclusão”. Vou procurar fontes confiáveis que falam sobre isso, vou editar as matérias e vou postá-las outra vez.

      Sobre o seu comentário, ele continuará lá, como um lembrete para mim.

      Espero que essa experiência não te desanime de ler os conteúdos que faço na Fix. Eu trabalho muito para desconstruir certos conceitos na minha mente e para fazer conteúdos cada vez mais inclusivos.

      Perdão pelo vacilo e obrigada pelo retorno =)
      Se encontrar algum erro em alguma outra matéria, pode comentar lá ou me enviar um e-mail por aqui também.

      Abraços,
      Maíra”<3

  2. Giovanna Melo says:

    Concordo com seu comentário Mariana! Eu por exemplo, sou “morena” e minha cartela é primavera clara! Meus olhos são castanhos e meu contraste é médio/baixo. Então acho que vale a pena não generalizar. Tirando essa questão, o post está excelente e bem esclarecedor!

    • Maíra Gea says:

      Ei Giovanna, tudo bem?

      Já coloquei uma errata do amor na postagem, viu? Perdão por eu ter te deixado de fora dessa, minha intenção era usar os exemplos para mostrar as belezas mais recorrentes dentro dessa cartela, eu não queria passar a impressão de estar ‘ditando regra’. Afinal, testes de cores são surpreendentes, e eu, melhor do que ninguém, deveria saber isso, pois eu jurava que era Outono Escuro e quando fiz o meu teste de cores deu o quê? INVERNO BRILHANTE.

      No fim das contas, você pode encontrar todas as belezas dentro de todas as cartelas, pois cada pele interage de uma forma com as cores.

      Espero que você volte por aqui mais vezes! Obrigada por comentar! <3

  3. Hiranderson says:

    Bom dia, adorei a seu post. Já me ajudou muiito!

    Poderia falar um pouco dessa paleta na questão masculina? Se Puder ficarei muito grato.

    • Maíra Gea says:

      Ei Hiranderson, tudo bem?

      Que bom que gostou da postagem! Embora meus textos sejam direcionados às mulheres, todas essas características são válidas para os homens também, viu?

      Obrigada por deixar seu comentário aqui!

      <3

  4. Ana Paula says:

    Bom dia! Concordo, sou morena, cabelo escuro e sou primavera clara! Ao ler seu pôster fica a pensar! Cuidado com as questões de generalizar!

    • Maíra Gea says:

      Ei Ana, tudo bem?

      Peço desculpas pela generalização. Já corrigi o texto para que ninguém se sinta de fora. Os exemplos que dei são das belezas mais encontradas dentro de cada cartela e não regras absolutas, ok?

      Perdão se te deixei de fora, não quis que parecesse isso.

      Obrigada por seu comentário e sempre puder apareça por aqui pra deixar sua opinião!

      <3

  5. Luísa says:

    Tem alguma dica de como usar cores fora da sua cartela? Descobri ontem que sou primavera clara e quis chorar! Detesto as cores da cartela! Me surpreendi muito com o resultado, pois tenho apenas um vestido dentro da minha cartela e sempre que uso alguém me pergunta se estou doente. Acho tudo muito clarinho, sem graça, sem vida. Acho que as cores dessa cartela não não tem absolutamente nenhuma relação com quem eu sou ou com a imagem que desejo passar. Queria muito saber como usar cores de outras cartelas

    • Luísa says:

      Tem no post hahah Li três vezes para perceber que nas duas anteriores eu tinha deixado passar essa parte haha

      • Maíra Gea says:

        hahahahaha acontece, Luísa.

        Lembre-se só que a partir do momento que você tira a influência de um tom que não é harmonioso pra você da sua face (o método mais fácil de fazer isso é neutralizando a pele com make), você pode usar qualquer cor do mundo.

        Vale lembrar também que harmonia nada tem a ver com beleza, viu? Eu por exemplo, me acho linda quando tô de laranja e essa cor é, tecnicamente falando, uma das piores pra mim, que tenho pele neutra-fria.

        Cartela não é regra, viu? É só uma ferramenta. Não se decepcione e nem se desespere por isso!

        Beijo e obrigada por tirar um tempinho pra ler o post e deixar seu comentário por aqui! <3

  6. Duda says:

    Oie Maíra, tudo bem?

    Achei legal o recall, pois sou alto contraste (cabelo preto e pele clara) e desde que fiz a cartela e descobri as generalizações sempre fiquei grilada de não estar com a cartela certa, apesar de com os tecidos ter ficado extremamente perceptível que de fato era minha cartela. Mesmo tendo conversado sobre essa insegurança com a visagista que fez minha coloração pessoal e confiando super nela, como a grande maioria dos sites/posts generalizam, acabava ficando com uma pulga atrás da orelha. Achei legal você ter reconhecido as exceções e reescrito o post 🙂 Beijos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *