Homewear | De casa pra rua, da rua pra casa

Prático, sem data de validade e mais flexível. Esses são os três melhores adjetivos que encontrei para descrever o Homewear, um nicho da moda todinho dedicado a desenvolver roupas de ficar em casa.

Esse nicho não é novo, mas tem ganhado popularidade desde o início da pandemia, já que quase 60% da população brasileira tem feito home office. É aí que entra o homewear, uma moda que concilia conforto e estilo.

Por mais que o trabalho seja feito no conforto de casa, não dá pra fazê-lo de pijama. Um, porque isso afeta a nossa produtividade; se vestir pra trabalhar é um pequeno ritual necessário para acostumar nosso cérebro à essa nova dinâmica. E dois, porque uma vez ou outra será necessário sair à rua para resolver algum problema, e não dá pra ficar trocando de roupa toda vez que uma saída inesperada brotar no meio do seu expediente.

Com tecidos respiráveis, gostosos ao toque e com ótimo caimento, as peças de homewear podem ser usadas tanto em casa, como na rua. Você pode passar o dia todo com a mesma roupa, simples assim.

Embora a busca por esse tipo de roupa tenha crescido a partir de uma situação atípica, que é a pandemia, peças versáteis, funcionais e duradouras continuarão a ter destaque no mundo pós-covid. Os hábitos de consumo mudaram, e a experiência do isolamento social obrigou uma parcela da população a olhar o ato de vestir com outros olhos. A moda precisa(rá) ser funcional, pois o novo consumidor tem procurado benefícios que vão além do apelo estético das roupas.

#peças-chave

Moletom, tricô, malhas, legging, calça jogging e cardigãs são peças porta-vozes da moda homewear. Pra finalizar a postagem de hoje, compilei algumas inspirações de looks nesse estilo, pois sei que vocês adoram! Olha só:

E aí, meninas? O que acharam da postagem de hoje? Já tinham ouvido falar desse termo?


Gostou e quer ver mais? Então clique aqui e confira todo o conteúdo que fizemos com muito carinho pra você!

One thought on “Homewear | De casa pra rua, da rua pra casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *