Distancia ou Acolhe | O que os detalhes das suas roupas podem fazer por você?

Se você leu o meu último post viu que eu deixei uma dica de ouro para quem trabalha em setores orientados para pessoas, né? (Se você ainda não leu, é só clicar aqui, a leitura é bem rapidinha e vai te ajudar a entender a proposta da postagem de hoje). 

Pois então, não é de agora que eu cito o poder que as texturas, cores e formas das roupas possuem enquanto formas de comunicação não-verbal. No entanto, eu ainda não havia feito um post direto e simples sobre os elementos que acolhem e sobre os elementos que distanciam. E é sobre isso que falaremos agora.

Como a maioria de vocês possuem dúvidas direcionadas sobre as mensagens das roupas, principalmente àquelas utilizadas no local de trabalho, resolvi montar na postagem de hoje um compilado dos principais arquétipos que acolhem e repelem.

Bora ficar fera nisso de uma vez por todas?

ABRAÇAM, ACOLHEM E SÃO CALOROSOS

Linhas curvas ou onduladas na modelagem das roupas, elementos redondos, cores claras e suaves, tons pastel, tons terrosos, cores quentes, composições de baixo-contraste, detalhes arredondados, texturas suaves, tecidos maleáveis e gostosos ao toque, calçados de bico arredondado e mangas bufantes são alguns tipos de arquétipos que tem esse poder de acolher, abraçar.

Embora carreguem mensagens muito otimistas, como alegria, acolhimento, amabilidade e carinho, é bom lembrar que esses elementos devem ser utilizados de acordo com o seu ambiente profissional ou com o que você deseja transmitir através da sua imagem.

Quem deseja transmitir uma imagem de poder, por exemplo, não deve investir nesses arquétipos, pois o efeito visual que eles passam é o inverso disso. Digo o mesmo para quem deseja alcançar uma imagem profissional séria e cheia de autoridade. 

No entanto, alguns profissionais que trabalham com atendimento ao público, como vendedores ou atendentes, ou em outros setores orientados para pessoas, como os terapeutas, professores, psicólogos (e assim por diante) podem usar esses elementos sem dó, pois precisam trazer as pessoas para perto de si, certo?

REPELEM, DISTANCIAM E SÃO FRIOS

Linhas retas nas roupas, looks monocromáticos com cores escuras e intensas, cores frias, cor preta, detalhes pontudos, texturas rugosas ou ásperas, tecidos armados, contrastes altos, ombreiras, salto agulha, calçados de bico fino e spikers são exemplos de elementos frios. Ou seja, são detalhes que distanciam as pessoas.

No entanto, como a maioria das coisas na vida, esses arquétipos também possuem os seus prós. Pessoas que desejam transmitir as mensagens de autoridade, credibilidade, seriedade, organização e objetividade através da sua imagem, por exemplo, devem incorporar estes elementos em suas composições de looks. Advogados, empresários, diretores e gestores, por exemplo, são algumas das profissões que podem se beneficiar dessa imagem visual mais fria, distante e poderosa.

E aí, pessoal? Gostaram da postagem de hoje? Levei ela para o âmbito profissional, mas todas as dicas que dei valem para qualquer tipo de look, viu? As mensagens transmitidas são as mesmas, independente de você estar usando um look X para uma saída casual ou para trabalhar.


Gostou da postagem e quer ver mais? Então clique aqui e confira tudo o que já escrevemos até hoje no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *