Fiz um teste de cores, mas odiei a minha cartela | O que eu faço?

Não consegue se enxergar na sua cartela? Não tem problema, isso não é tão incomum.

O que acontece é que o teste de cores indica qual paleta se harmonizará melhor com a sua beleza natural, mas nem sempre as cores dessa cartela representarão a sua essência e personalidade. Contudo, mesmo que o resultado não te alegre, o teste nunca será em vão. Afinal, até para ‘passar a sua cartela para trás’ você precisa entender sobre as características da sua pele.   

Sabendo disso, já podemos passar para o que realmente importa: as dicas.

SUA CARTELA NÃO É REGRA ABSOLUTA

Primeiramente, temos que nos lembrar que a cartela de cores não dita regra. Ela é uma ferramenta, um guia que te ajudará a comprar melhor e escolher peças cujas cores te deixarão mais radiante. E assim como uma ferramenta, você usará sua paleta quando sentir a necessidade de usá-la.

Portanto, não existe obrigatoriedade alguma de você levá-la ao pé da letra ou de deixar de usar as cores que você mais gosta.

ENTENDA AS CARACTERÍSTICAS DA SUA PELE

Minha cartela é inverno brilhante. Em outras palavras, isso significa que a minha pele se harmoniza com tons intensos, frios e de média profundidade. Nessa ordem de importância.

E por qual motivo eu digo isso? Porque quando eu quiser utilizar outras cores, eu terei que respeitar, pelo menos, uma das duas primeiras características que eu citei aí em cima. Isto é, eu posso até usar um tom quente, mas ele deve ser intenso e de profundidade mediana, e assim por diante.

Você burla uma regra e respeita as outras duas.

Porém, se isso não te ajudar em nada, temos a próxima dica:

ROUBE AS CORES DA CARTELA VIZINHA

Observe o esqueminha abaixo e encontre a sua cartela.

As cartelas vizinhas à sua compartilham características em comum com ela. Minha cartela Inverno Brilhante, por exemplo, está entre as cartelas Primavera Brilhante e Inverno Frio. Isso significa que a minha paleta é influenciada pela intensidade da Primavera Brilhante e pela temperatura da Inverno Frio.

Sendo assim, quando eu quiser utilizar uma cor que não esteja presente nela, eu posso roubar os tons presentes nas minhas cartelas vizinhas sem que isso prejudique a harmonia da minha imagem pessoal.

Mas Maíra, eu também não gosto das paletas vizinhas à minha. E agora?

Ainda tem jeito, calminha aí:

USE ELEMENTOS DE COMPENSAÇÃO E SEJA FELIZ!

Desde que você use elementos de compensação, a sua escolha poderá ser feita de forma despreocupada, pois eles não deixarão que as cores reflitam de forma desarmônica em seu rosto.

No entanto, para que essa dica funcione, os elementos de compensação têm a obrigação de conter em abundância alguma cor que esteja presente na sua paleta. Só dessa forma eles conseguirão equilibrar os efeitos visuais negativos causados pelas cores que não te favorecem.

Lembre-se que make, brincos, chapéus, colares, lenços, pashminas, acessórios de cabelo e todos os outros itens que ficarem redor do rosto entrarão como elementos de compensação em seu look.

E aí, amadinha? Por qual motivo você não gosta da sua cartela? Você já testou alguma dessas dicas?


Curtiu e quer ler mais? Então clique aqui e veja tudo o que já foi postado até hoje no blog da Fix!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *