medo de usar cor no guarda roupa preto

O medo de usar cor te fez ter um guarda-roupa preto?

O medo de usar cor está te impedindo de ter um guarda-roupa mais colorido?

Sou super a favor de looks all-black. Acho chique, minimalista, dramático e democrático, porque é uma possibilidade em todos os estilos. 

Mas admiro, também, experimentações com cores diferentes e o delicado equilíbrio de um look com cores que eu nunca imaginaria que combinam tão bem! 

Quando a Maíra apresentou a trend do Azul Klein fiquei de queixo caído com a riqueza e brilho dessa cor! 

Na hora, quis ter pelo menos uma peça nesse tom, mas pelo menos por enquanto, as chances de ela nunca sair do meu guarda-roupa ainda é grande. 

Apesar disso, nos últimos anos, resolvi parar de seguir o caminho que já conheço e que me parece seguro (“preto combina com tudo!”) e enfrentar o meu medo de usar cores aos poucos. 

Imaginei que não estou sozinha nesse dilema, por isso vim compartilhar alguns pequenos passos que usei para começar a enfrentar o meu medo de usar cor.  Quem sabe você não se inspira a ousar um pouquinho mais na paleta de cores do look?

Cores na maquiagem

Principalmente à noite, quando quero adicionar cor no look sem comprometer o aspecto monocromático da roupa, gosto muito de investir numa maquiagem mais colorida nos olhos, especialmente uma cor só. Essa é, inclusive, uma tendência em 2021.

É moderno e chama a atenção para esse ponto de cor, complementando o bloco de preto e deixando-o mais interessante e intencional. 

É uma forma que encontrei de contornar a impressão que tinha de que só escolhi aquilo que achei mais fácil, e satisfazer um pouquinho a vontade de fazer diferente sem sair muito da minha zona de conforto. 

Neutros coloridos

Tons brilhantes que destoam muito das roupas pretas e brancas que eu já tinha me faziam ter ainda mais medo de usar cor. 

Tinha a impressão de que elas pareciam flutuar no conjunto do meu corpo e traziam um contraste muito forte. Essa pode, é claro, ser a sua intenção com o look, mas essa informação ainda não faz parte do meu estilo. 

Descobrir os neutros coloridos e como eles se complementam de maneira harmoniosa e sofisticada me deixou mais segura para deixar as roupas pretas um pouco de lado. 

Inspiração fora das roupas

Apesar de ter passado por uma fase em que só vestia preto, sempre gostei de outras cores. Não tinha medo de usar cor na decoração de casa, na minha papelaria pessoal ou no fundo de tela do meu celular. 

Se identificou?

Se o seu guarda-roupa é predominantemente preto, olhar ao redor é importante para compreender quais cores gosta mais. 

Assim, dá para ter um ponto de partida na hora de escolher uma blusa, casaco ou vestido de alguma cor diferente.

Com esse exercício, percebi que se eu sabia combinar cores na hora de organizar o meu espaço em casa, na hora de me vestir não poderia ser tão diferente assim!

Se essa fosse a sua sala, quantas cores você pescaria para o seu guarda-roupa?

Claro que isso rendeu alguns looks estranhos, mas faz parte! No fim das contas, deu para experimentar e me divertir tentando entender quais cores me fazem sentir mais eu (para além do preto, é claro).

O próximo passo, para mim, é fazer uma análise de coloração pessoal. Acredito que essa experiência vai me dar muito mais segurança para vender o medo de usar cor e criar um guarda-roupa mais sofisticado.

Se você já está dando esses primeiros passos para abraçar um leque de cores, recomendo dar uma olhada no conteúdo que já temos aqui no blog sobre o assunto. Dá para aprender muuuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *