tendências

Como saber em qual tendência apostar?

Tendências aparecem, reaparecem e somem todos os dias. Algumas permanecem em voga por mais tempo que as outras, mas no fim das contas a maioria delas declinam. Por isso é tão importante escolher a dedo aquelas que serão aderidas por você. Caso contrário você perderá dinheiro e não conseguirá utilizar a sua peça-tendência até o fim da vida útil dela.

E como fazer essa escolha? Continua aqui comigo que eu te ensino.

Olha só:

ESSA TENDÊNCIA CONVERSA COM SEU ESTILO?

O primeiro ponto a ser analisado é se essa tendência conversa com o seu modo de vestir. Caso a resposta seja sim, vale dar uma chance, já que você continuará usando-a mesmo quando ela não estiver mais em alta. Eu, por exemplo, aderi bonito à moda das calças pantacourt (vocês lembram como elas ficaram em alta em 2018?) e até hoje eu uso essa peça, mesmo essa tendência já tendo esfriado.

Por outro lado, caso a tendência não se encaixe nem um pouco em seu estilo, vale repensar a compra. Afinal, você provavelmente desistirá do seu uso quando o furor dessa peça passar e ela acabará encalhada em seu armário.

VOCÊ CONSEGUIRÁ INSERIR ESSA PEÇA EM SEU ARMÁRIO?

Outro ponto importante.

Não basta que essa tendência se encaixe em seu estilo, ela também precisa multiplicar as possibilidades oferecidas pelas peças que você já tem em seu armário. Em outras palavras, ela precisa conversar e compor looks com tudo o que você já tem. Caso isso não seja possível, você já sabe. Ela acabará no limbo do esquecimento.

O PREÇO DA PEÇA É JUSTO OU SEGUE O HYPE?

Por último, mas não menos importante: preste atenção no preço! Muitas peças chegam ao mercado absurdamente caras por conta das tendências que elas absorvem.

Eu lembro bem que no início da moda das mangas bufantes as blusas que vinham com esse detalhe chegavam absurdamente caras nas lojas de departamento. Hoje é possível encontrar opções mais acessíveis, mas no início o preço não se justificava de forma alguma, sabe? O material era sintético, a modelagem era comum (com exceção das mangas, claro) e o design não era inovador.

Então analise o custo-benefício da peça com cuidado, como eu te ensinei aqui, e adie sua compra caso o furor da tendência tenha afetado o preço, ok?

tendências

Essas dicas fazem sentido para você? Qual foi a última tendência que você incorporou ao seu armário?


Curtiu e quer ler mais conteúdos assim? Então clique aqui e não deixe de nos seguir lá no Insta da Fix para mais novidades, ok?

3 thoughts on “Como saber em qual tendência apostar?

  1. Izaac N. says:

    Lembrando da Época, um pouco mais jovem.. Quando Assistia aquele programa “Esquadrão da Moda” ficava observando no momento em que a pessoa era analisada pelos Estilistas estavam errando.. Na maioria das vezes era um pouco difícil, porque tem alguns fatores de combinação das peças que se encaixam mais em um “padrão visual” e ficava tentando acertar um Padrão que ficasse mais agradável. Hoje em dia percebo que as minhas opiniões em relação de quando era mais jovem era mais um “palpite” do que realmente pesquisar o modo certo e combinar elas na Prática! hahahaha Ahh Gente.. Era bobo demais. Enfim, adorei seu conteúdo! Sempre dando uma Espiada para buscar mais conhecimentos sobre os Estilos e Tendências! 🙂

  2. Izaac N. says:

    Lembrando da Época, um pouco mais jovem.. Quando Assistia aquele programa “Esquadrão da Moda” ficava observando no momento em que a pessoa era analisada pelos Estilistas estavam errando.. Na maioria das vezes era um pouco difícil, porque tem alguns fatores de combinação das peças que se encaixam mais em um “padrão visual” e ficava tentando acertar um Padrão que ficasse mais agradável. Hoje em dia percebo que as minhas opiniões em relação de quando era mais jovem era mais um “palpite” do que realmente pesquisar o modo certo e combinar elas na Prática! hahahaha Ahh Gente.. Era bobo demais. Enfim, adorei seu conteúdo! Sempre dando uma Espiada para busacr mais conhecimentos sobre os Estilos e Tendências! 🙂

    • Maíra Gea says:

      Ei Izaac! Que delícia ler seu comentário <3

      Pois é, eu adorava ver o esquadrão e sempre ficava atenta aos padrões, assim como você. Eu realmente pensava que havia uma maneira correta e uma maneira errada de me vestir, mas hoje eu me libertei disso. Moda é ferramenta de autoexpressão acima de tudo, né? É um campo que precisa de mais liberdade e menos julgamento para que as pessoas se sintam encorajadas a experimentar esse lado mais subjetivo da moda.

      É isso, né? A gente vai amadurecendo e mudando de cabeça, rs.

      Obrigada por deixar seu comentário por aqui, você não sabe como é gostoso ver que um conteúdo meu fez sentido para alguém.

      Um beijo :3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.