20 inspirações de looks para quem deseja se arriscar em algo diferente

A semana não poderia terminar sem um compilado de lookinhos, né não?

E já que estamos numa vibe criativa, com postagens sobre Emily in Paris e elementos visuais que transmitem originalidade, decidi trazer hoje uma seleção de inspirações para quem deseja incorporar coisas diferentes no look.

Olha só: 

CORES, CORES E CORES

O círculo cromático é uma ferramenta que vai te ajudar muito na hora de explorar combinações de cores. No entanto, tente fazer também combinações que não estejam nele. Coloque uma cor fria na parte de cima e uma cor quente na parte de baixo, faça um look neutro e coloque um toque neon, misture cores suaves com intensas, faça looks monocromáticos vibrantes. Como eu disse no post de quinta, não há limites na hora da experimentação. Veja isso como um exercício de criatividade.

#dica: se mesmo assim você estiver com medo, comece coordenando as cores por alguma característica em comum. O roxo e o verde, por exemplo, são cores que possuem uma ligação fraca dentro do círculo cromático. No entanto, se ambas forem usadas em versões frias, elas já terão um ponto de harmonia que as unem. E não para por aí, além de combinar as cores por temperatura (quente ou fria), você pode harmonizá-las através da Intensidade (brilhante ou opaca) e profundidade (claras ou escuras). 

VOLUMES, FORMAS E SOBREPOSIÇÕES

Combinar os opostos é uma ótima forma de deixar o seu look mais interessante, moderno e original. Isto é, peças volumosas com peças sequinhas, blusas de babados com muitas linhas curvas com uma calça reta, e assim por diante. 

Outra ótima dica é apostar em sobreposições diferentes para adicionar camadas no seu look. Camisas por baixo de vestidos, pulôveres por cima de camisas e corpetes por cima de blusas são alguns exemplos estilosos.

#dica: uma boa dica para quem tem vontade de usar peças volumosas e/ou amplas, mas acha estranho quando experimenta esse tipo de roupa é: marque a linha da cintura. Você pode fazer isso com um cinto, ou usando a parte de cima do look por dentro da parte de baixo ou apostando em sobreposições mais coladas ao corpo. 

TEXTURAS

Engana-se quem pensa que misturar texturas é algo espalhafatoso e difícil demais. Inclusive, das três dicas que deixei no post de hoje, essa aqui é a mais fácil de colocar em prática. Uma blusa de cetim combinada com uma calça jeans, por exemplo, já é uma mistura de textura. O combo paetê + algodão também, e assim vai.

Olha só as inspirações que separei para você:

#dica: peças com texturas ásperas, rígidas, felpudas e peludas colocam a silhueta em evidência, pois são muito chamativas. Já as maleáveis, lisas e leves definem a silhueta com sutileza. Use isso a seu favor e coloque em foco a parte do seu corpo que você mais gosta!

E aí, meninas? Gostaram do compilado de hoje? Deixem a opinião de vocês aí nos comentários, eu adoro ver as interações de vocês por aqui! ❤️


Curtiu e quer ver mais? Então clique aqui e confira tudo o que já postamos até hoje no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *